05/06/2009 - Custo - Benefício da Quiropraxia

            A palavra Quiropraxia deriva do grego Kéiros (mãos) e práxis (realização) e conforme a OMS (2005/2006) é uma profissão na área da saúde que se destina ao diagnóstico, tratamento e prevenção de alterações do sistema musculoesquelético e seus efeitos sobre o sistema nervoso e da saúde em geral. A quiropraxia baseia-se no conceito de saúde e não de doença, fazendo o não uso de drogas ou cirurgias. O tratamento visa suprir a dor ou sintomas, restaurar a mobilidade articular, facilitar a flexibilidade muscular e educar o paciente.

            Estudos mostram que a segunda principal causa a qual a população busca atendimento na área da saúde é a dor nas costas. Apresenta-se também como o agente primário no afastamento do trabalho na faixa etária de 30 a 50 anos, além de ser a pior relação custo-benefício. Demasiadamente, 85% da população mundial sofrem no mínimo uma crise durante suas vidas. No momento, 12 a 33% dos adultos em idade produtiva estão sofrendo uma crise de dor nas costas, a qual pode prolongar-se por dias. Visivelmente percebe-se um ciclo dependente entre dor nas costas, esforço físico intenso com movimentos ou cargas associados, posturas estáticas e fatores psicossociais.

            A inclusão da quirorpaxia a sistemas públicos de saúde e a convênios privados, torna-se vantagiosa diante das necessidades da população. Mostra-se eficiente não só porque há uma diminuição de despesas com medicamentos, internações e cirurgias, mas também pela redução no tempo de afastamento do trabalho em 30%, acelerando a recuperação, oferecendo alívio da dor e melhora funcional como indicam inquéritos governamentais em todo mundo. A ação das intervenções da quiropraxia salientam o interesse a nível sócio-econômico proporcionando otimização da saúde do trabalhador bem como para o sistema de segurança social.